sábado, 22 de abril de 2017

Nobody Else But You


Passaram-se anos e continuo avistar-te da janela do meu quarto.
Controlo as horas que sais de casa, quando chegas, qual o perfume que colocas todos dias e sabes que é o meu favorito, como eu tenho saudades do teu cheiro.
Respiro a dor de ter perdido quando eras só minha, sou um homem sem abrigo á procura do teu amor.
Estou a ficar velho com perplexo de saber que outros homens trocam olhares contigo, beijam-te sem pudor e tocam-te sem saber como deve ser.
Passaram-se anos, mas entre tantas mulheres tu és a que dá o verdadeiro significado ao amor que sinto por ti.
O medo, a impaciência e a vontade de ter-te está a comer-me vivo e neste meu ser já sobra muito pouco.
Como ficas lindas com esse vestido branco cheio de manchas dos teus cozinhados inesquecíveis, pode estar sol ou chuva, mas o teu cabelo loiro e esses olhos brilham para o além do que a natureza exige de ti.
Já decorei todos os teus movimentos, mas queria que cada tocasse e andasse por cima de mim.
Tendo em deixar a porta da minha casa aberta na esperança em que um dia entres por ela e digas que pertencemos um ao outro na saúde, na tristeza e na doença.
Eu quero que percebas que não posso estar com outras mulheres quando na verdade ainda luto todos os dias para resistir á saudade que sinto.
Volta para casa, volta para a minha paz, volta por meramente seres a minha alegria.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

A minha pequena infância

 
Olá grandes sonhadores/as!
Eu vim partilhar com vocês algumas fotografias da minha infância, já tinha este post guardado a muito tempo para publicar, mas nunca tive coragem e fui adiando.
As fotografias que irei publicar tem uma história por trás e todas elas são muito importantes para mim.
 
Aos fins de semanas, o meu pai costumava levar-nos andar de bicicleta.
Eu e a minha prima vestiámos sempre igual como este conjunto de leggins e uma T-shirt que tinhámos nesta fotografia.
 A minha mãe sempre gostou de comprar coisas iguais tanto para ela, para o meu irmão e para mim para não existir inveja ou intrigas de criança.
 
É o meu irmão todo pequenino.

 
Adoro estas fotografias com a minha mãe porque faz-me pensar que o tempo que estive do lado dela passou muito depressa e foi curto.
Apesar de ela já não estar viva gostaria de passar mais tempo com ela e a melhor maneira é olhar nas nossas fotografias e sentir cada vez mais perto dela.
Lá atrás de mim tem uma boneca enorme e o nome dela era Jasmim.
Essa boneca era muito especial para mim sinceramente não sei onde é que ela foi parar, mas devo ter dado a alguma criança. 

  
 Eu e o meu irmão sempre fomos muitos unidos, a minha mãe quis ter um casal e assim foi e ela sempre ensinou-se a ser unidos, educou-nos da melhor maneira e só podemos agradecer a ela porque até hoje somos assim.
 
Aqui estou eu toda orgulhosa com o meu chapéu de formatura, só via isso em filmes, mas quando passei de ano na primária deram-nos uns chapéus assim.
 
Nesta fotografia, eu estava na fila de um almoço num estádio.
O estádio em que eu estava iria passar-se o congresso das testemunhas de jeová basicamente eu cresci nesta religião e tenho alguns membros da minha família lá.
Eu saí aos meus 18 anos por decisão minha, mas vivi momentos felizes como estes.
Quando havia o congresso nós iamos limpar o estádio, colocar toldos devido ao calor, arranjar casas de banho ou até montar umas novas e limpar o capim á volta do estádio.
A freguesia agradecia pelo trabalho que faziamos porque não faziamos em troca de nada só queriamos ter o nosso congresso, toda gente cantava,trabalhava alegre e ali fazia sempre novos amigos.
 
Esta foto foi tirada no meu aniversário com 3 aninhos e estava a brincar com os meus novos brinquedos.

 
Esta é a minha família perfeita, eu, o meu irmão pequenino e a minha mãe.
E sempre será porque todo o tempo que estivemos juntos será inesquecível.

 
Espero que tenham gostado!

terça-feira, 18 de abril de 2017

A minha playlist do mês de Abril


Eu amo música e quem não ama colocar os fones e desligar-se do mundo para mim é a música que ajuda-me acordar para o mundo, para a criatividade e os meus momentos de inspiração.
Apenas gosto de escutar música que deixe alegre e bem disposta, e esta foi a playlist que decidi partilhar com vocês.
Vamos lá!

1- Beverly- Tipically Her ( Kaytranada Edition)



Já tinha ouvido vários remix deste artista, mas adorei mesmo esta porque tem um ritmo muito bom, dá para dançar e para escutar logo de manhã o que é ainda melhor.

2-Common- I Want You ( Kaytranada Edition)


Eu já conhecia a música original é das músicas mais antigas do Common, mas o Kaytranada tinha de agarrar nela e fazer a versão dele e não desapontou-me é claro.

3- Domastic- Weird Dream [NCS Release]


O canal No Copyrights é brutal em termos de música house, eletrónica e enquanto estive por lá descobri esta linda música que nesta playlist é a minha favorita neste momento.
Mexe comigo e dá-me vontade de dançar sem parar.

4- Droeloe - In Time (feat. Belle Doron)


Esta é uma das novas músicas do canal da Trap Nation e fiquei logo rendida ao Bass desta música, por favor oiçam ela com os fones.

5- Floliz-Dulce


A pouco tempo encontrei este canal o ChilledCow e gostei muito porque tem muito deste tipo de sons e acho super relaxantes e sei que muitas youtubers gostariam de ter sons assim, esta é uma delas.
Este é mais um som para relaxar ao final tarde quando saio do trabalho e só penso em chegar a casa.

6- Mr Eazy -Leg Over( Vibez Video) ft Wizkid Eddie Kadi Maleek Berry


Esta música é de um artista africano, eu gosto muito dos nossos ritmos africanos e não consigo parar de pensar se algum dia tocar numa festa, eu acho que não ia parar de dançar.

7- LMC- Let Go



Esta música é do canal Undergroung Charisma.

8- Trey Songz - Nobody Else But You



Ohhhh god... O Trey Songz regressou em grande e estou super contente porque sempre ouvi este artista desde nova, ouvi todos os albúns todos e ele não perde o jeito de cantar músicas para nós mulheres.
Para quem não conhece o Trey Songz é um cantor de R&B.

9- Trey Songz- She Lovin It



10- Trey Songz- She Goes Off



Espero que tenham gostado desta minha lista de músicas.
Digam-me qual é que gostaram mais.

domingo, 16 de abril de 2017

Nada mais nem nada menos é apenas amor

 
Procurei-te em várias pessoas sem preocupar-me com os meus sentimentos.
Fui demasiado fútil e ingênua em pensar que alguém aceitaria e desejaria como tu fizeste.
Se pudesse voltar á flor da minha juventude iria correr menos atrás do impossível e do improvável.
Tudo porque não suportava beijar bocas que nunca saboreavam a minha, fazer amor com corpos que nunca souberam o significado disso nem souberam apreciar o meu.
Talvez iria declarar-me com menos paixão quando tudo não era valorizado.
Voltaria mais cedo para casa invés de arriscar a minha vida por alguém que não quis fazer parte da minha.
Nem deixaria minha mente elouquecer quando hoje consigo ver que tudo foi uma perda de tempo á espera que o meu amor fosse devolvido.
Por vezes, eu choro por dentro porque enquanto o mundo ruía a minha volta eu deixava-me lá estar.
Faço de tudo para não olhar nas nossas fotos nem buscar por mais recordações porque não quero lembrar nunca mais de ti.
O pior de tudo é que já cheguei a refletir que eu nunca te conheci e o melhor é que não preciso de tentar mais.
Hoje sou livre do medo de perder, medo de não ser aceite, medo de não ter, medo de não estar e amar porque o amor abraçou-me duma só vez e assim ficou.
Porque ele sim, ele ama-me, respeita-me e guarda-me para que o futuro seja nosso.


Imagem retirada do WeHeart it

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Tatuagens

 
Sim, sim eu já estou com vontade de tatuar de novo porque é bastante viciante e estou sempre a pensar em novos desenhos e boas alturas para fazê-lo.
Normalmente, eu faço no verão, mas não é lá muito bom porque não posso andar com elas expostas, mas é no verão que nós queremos andar mais destapadas.
Ultimamente, tenho estado a espreitar tatuagens de flores no ombro e acho que é essa área do corpo que vou explorar.
Vou mostrar-vos algumas ideias que tenho, mas não irei tatuar exactamente como estes desenhos, e sim poder criar o meu.


Eu defendo que não devo agarrar no desenho de alguém e pedir para tatuar porque aquela pessoa demorou tanto tempo a criar um desenho para ela sentir-se única e chego lá eu e tatuo.
Esta conversa é a mesma coisa quando alguém aparece num sítio com uma blusa igual á nossa e nós nos sentimos incomodados, pelo menos eu sinto assim.
Bom eu gostaria de saber se também gostam de tatuagens e se já estão com vontade de fazer uma?

  
Espero que tenham gostado!

Imagens retiradas do Pinterest

sábado, 8 de abril de 2017

Resenha do livro || " Todos procuramos amor" - Natália Melo, Chiado Editora

 

Olá grandes sonhadores/as!
Estou muito contente por ter acabado de ler este livro porque foi mesmo muito bom, li o livro em dois dias e já foi um grande recorde para mim.
Este livro fala da história de uma rapariga chamada Juliana que namorava com um rapaz chamado Tiago que era chefe de cozinha e bem famoso, mas com o tempo a relação deles foi deteriorizando devido á fama dele, ele queria estar em todos os eventos rodeados de fãs só que esquecia-se de amar.
Chegou uma certa altura em que a relação deles não aguentou mais essa tensão e eles acabaram por não ficar juntos.
Aí a Juliana conheceu um rapaz chamado Steven, ele era americano,trabalhava como ator e publicitário e desde o momento que ele apareceu na vida dela tudo mudou.
O Steven aproximou-se dela sem dizer-lhe que era famoso como ele assistiu o término da relação da Juliana, ele não queria que a fama dele afuguenta-se a Juliana com medo que o mesmo acontecesse como foi com ex-namorado dela visto que ele não se deslumbrava com os fãs, os autográfos e até com as entregas de prêmio.
Portanto, ele passou a conquistá-la viveram momentos lindos que o Steven nunca tinha vivido com outra mulher porque todas as namoradas que ele teve só estavam com ele por interesse, e foi a primeira vez que alguém estava com ele sem querer saber da sua fama.
Esse amor tornou-se puro e único e o Steven passou a olhar para simplicidade e dar importância as pequenas coisas que a vida tem para oferecer.
Até que uma ex-namorada do Steven, a Becca apareceu na vida deles e tudo começou a mudar...
Bom eu não posso contar o que aconteceu, deixarei para os curiosos.
Vocês não vão arrepender-se em ler este livro eu chorei, ri muito e estou muito feliz por ter lido este livro neste momento tão bom da minha vida.
Uma das frases favoritas foi:
"(...)Eu acho que as pessoas tomam decisões seguindo as suas crenças, os seus valores, a sua história de vida, experiências passadas... E no fundo acredito que todos procuramos amor. Isso é irrefutável. Nem que seja inconscientemente... Mas todos procuramos amor! (...)"

Espero que tenham gostado!


segunda-feira, 3 de abril de 2017

Um ano de amor-próprio

Estou muito orgulhosa por termos chegado tão longe nunca desconfiei de que isso fosse acontecer, mas ainda bem porque o movimento Portugal Curvy mudou a minha vida.
Em 8 de outubro entrei para este grupo sem piscar os olhos porque eu já tinha visto a Ana Nogueira do blog A plus size girl who loves fashion na televisão num programa e fiquei muito intrigada com a história dela e sobretudo a força de dela que para mim parecia bem sobrenatural porque eu queria ter a auto-estima que ela tinha.
O meu caminho até aqui foi sempre com uma auto-estima muito baixa por vezes odiava o corpo como amava tudo isto porque sempre fui muito inconstante.
Durante a minha vida inteira emagreci muito e engordei também então nem sempre estava satisfeita e por vezes ouvia comentários ou piadas por estar mais gorda de todos os lados, a minha postura em frente ás pessoas era sorrir e fingir que estava tudo bem em dizer aquele tipo de coisas, mas no fundo magoava muito.
Já agia mal apartir do momento que permitia que falassem tais coisas.
De uns anos para cá o mundo Plus Size começou a chegar com toda força e comecei a seguir mulheres como a Ashley Graham do qual faziam sentir mais bonita, mais aceite e mais confiante.
Comecei a perceber que o meu corpo era realmente bonito também quando comecei a tirar fotografias para o movimento Portugal Curvy porque saí da minha zona de conforto é que até estar neste movimento não costumava partilhar fotos de outfits aqui no blog porque achava que não ficariam bonitas como as outras raparigas.
Todos os meses tinham um desafio e durante esse tempo eu desafiava-me a olhar mais para mim, para as minhas dobras nas costas, para as minhas bochechas, para as minhas que caminham sempre coladas umas as outras, para os meus braços que tinham aumentado e para a minha barriguinha.
 
Tudo isto incomodava profundamente, mas eu estava num movimento em que todas nós tinhamos estes problemas e mesmo assim lutavámos juntas e puxavámos umas pelas outras.
A melhor parte era ver a quantidade de pessoas que comentavam coisas positivas aqui no blog e faziam abrir mais os olhos de quem era e que era linda, maravilhosa sim, sensual sim e confiante do meu jeito.
O que ajudou-me neste processo com a minha auto-estima foi que a minha afro que cresceu imenso e deu-me mais vontade de tirar fotografias e tentar transmitir as outras raparigas com cabelo crespo que também podem estar na moda.
Antes eu só queria emagrecer e andava muito obecada com isso porque achava que não conseguir vestir boas roupas se estivesse gorda, mas o tempo fez-me perceber que eu não tenho forçar isso e apenas deixar de pensar assim e permitir de ser feliz.
Durante uma vida inteira procurei sempre por defeitos que impediam de fazer coisas que gostava como ir á praia, já perdi dois anos da minha vida com vergonha e eu não quero que isso volte acontecer.
Quero ser feliz do meu jeito!
 

Obrigada!

Todas as meninas também fizeram um texto em homenagem a este mês vejam aqui:

sábado, 1 de abril de 2017

Como ter um fim de semana produtivo?

 

Hoje vim com este post falar como aproveito os meus fins de semana.
Quem acompanha aqui no blog sabe que estou a estagiar e ultimamente não tenho tido muito tempo para organizar a minha vida e isso incluí o blog claro.
O que tenho tentado fazer é organizar o mínimo durante a semana e aproveitar o fim de semana para descansar e dedicar-me um pouco ás limpezas.
Como sexta-feira venho cansada apenas tomo um banho e tento repôr algumas horas visto que agora acordo sempre ás 05h da manhã, e como isso também tem acontecido nos sabádos aproveito para assistir os vídeos da semana inteira no Youtube.( acordar as 05h a um sabádo, só comigo!)
Ás 08h30 levanto-me para fazer a minha higiene, de seguida vou colocar a roupa a lavar assim que acabo de lavar coloco na máquina de secar para colocar outra a lavar.
Enquanto tenho as duas máquinas a funcionar vou ao frigorífico ver as comidas que já estragaram, lavo a loiça que estiver suja, limpo as bancadas, forno, microondas, trato das areias dos gatos e da água deles.
Por volta das 09h30 dou o comer aos meus patudos e passo para a limpeza da casa de banho e organizo os shampoos que ainda tem ou não.
 

Se for necessário dou uma varridela na sala e ás 11h como alguma coisa, eu sei que deveria comer mais cedo, mas quando estou com as limpezas na cabeça não costumo ter muito apetite.
Quando estou a tomar o meu pequeno almoço já estou a pensar no que vou fazer ao almoço que coneça a ser feito por volta do 12h.
Se tiver tempo vejo se vai ser necessário lavar a roupa da cama e trocar por outra.
À 13h estamos almoçar aqui em casa e para ser mais prático quando acabamos de comer colocamos a loiça na máquina da loiça para poupar trabalho.
Depois de passar a manhã inteira com limpezas e arrumações finalmente tenho tempo para criar posts, ler um livro, ouvir música, jogar the sims 4 e aproveitar os petiscos dos jogos de futebol cá em casa.
O meu domingo é passado na cama porque preciso de preparar psicologicamente para segunda-feira e desta forma aproveito o meu domingo a ver vídeos ou a preparar uns morangos para lanche a fazer uma maratona de novelas.

Bom espero que tenham gostado!
Como aproveitam os vossos fins de semana?

Fonte de imagem: Pinterest