quarta-feira, 30 de novembro de 2016

10 dicas para organizarem a vossa mudança de casa

  



As mudanças de casa são sempre muito temidas por todos. E até é compreensível, pois este trabalho exige muita organização, tempo e, acima de tudo, muita calma!

Como sabem quanto mais organização existir antes, durante e depois deste processo, mais fácil se torna toda a sua gestão. Por isso, hoje indico-vos 10 truques muito simples e fáceis que podem fazer toda a diferença, caso estejam a passar por um momento destes.


1. Pensem, em primeiro lugar, e com alguma antecedência, se precisam de uma empresa ou se conseguem fazer a mudança sozinhos. Analisem o tamanho da mesma, o vosso tempo e o orçamento que têm disponível, e escolham com consciência;

2. Umas semanas antes, tratem de todos os assuntos mais importantes, especialmente se vão precisar de cancelar contratos ou de transferi-los para a nova residência (como acontece com as telecomunicações);

3. Se decidirem fazer tudo sozinhos, dois ou três dias antes comecem a anotar num bloco de notas o que querem levar para a nova morada. Esta dica é muito importante, pois vai fazer com que vocês saibam exactamente o que levam e ainda garantem que não perdem nada pelo caminho;

4. A par com a lista das coisas a transportar, façam outra pequena lista com todo o material que vão precisar para o embalamento: caixas de cartão, sacos (de plástico e de pano), plásticos protectores (de bolhas, de preferência), fita-cola e marcadores;

5. Na hora de emabalar as coisas, comecem por separar o mais frágil do mais resistente. Também podem separar o mais leve do mais pesado, mas a primeira opção deve ser sempre prioritária, pois é importante que haja um equilíbrio no peso e que as coisas cheguem ao seu destino totalmente inteiras;

6. Embalem tudo com muito cuidado, quer nas caixas, quer nos sacos. Idealmente,coloquem o mais frágil nas caixas e preencham-nas com roupas velhas.Embrulhem tudo muito bem com os plásticos de bolhas e, se transportarem móveis, pensem na opção de não despejarem as gavetas e apenas lhes colocarem protecção à volta;

7. Empacotem as vossas coisas mais urgentes à parte (roupa interior, produtos de higiene, etc.), sobretudo se só vão desembrulhar o resto no dia seguinte;

8. Depois de embalarem tudo muito bem, identifiquem as vossas caixas e os vossos sacos, e confirmem se não falta nada;

9. Caso façam o transporte sozinhos, tenham muito cuidado com o carregamento, e, já dentro da viatura, certifiquem-se de que colocam o mais pesado por baixo e o mais leve por cima. Se tiverem contratado uma empresa de mudanças, convém que todas as indicações sejam claramente transmitidas, de modo a garantiremque as coisas não fiquem em cacos ou rachadas que é o que não queremos que acomteça;

10. Não deixem a casa antiga por limpar, quer fique, ou não, desabitada. Nem sequer adiem as limpezas. Tratem logo disso, até porque vai ajudar-vos a fecharem esta etapa das vossas vidas e é algo que fica bem.


Espero que tenham gostado destas ideias e que tenham percebido que as mudanças não têm que ser intermináveis nem aborrecidas! Eu, pelo menos, acho que até podem ser bastante divertidas, basta levarem tudo na descontracção!


Fonte da imagem: Pinterest

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Preciso de passar o limite


Por vezes sinto necessidade de tentar não ligar mais aos que as pessoas dizem e cada vez mais as questões que as pessoas pensam em perguntar do tipo:  " Noemi engordaste porquê?!
Resposta: Não, eu como e tenho andado cada vez menos preocupada com o meu peso porque até vou á médica e não estou mal ao ponto de preocupar.
Gostava que as pessoas preocupassem mais perguntar se está tudo bem comigo ou como está a correr ( alguma coisa da minha vida).
Sei lá, eu passei por tantas situações pesadas como um luto tão pesado e ao mesmo tempo pacifico que pretendo estar feliz com as poucas coisas que tenho, estar feliz com os objectivos que conquisto em ter no blog, em ter uma relação pacífica e saudável com as pessoas a minha volta que a última coisa que eu quero saber é do facto de não a vestir um 38, mas sim um 44, temos pena...
Estou á procura de lavar a alma e pensar cada vez mais na minha vida e nas minhas decisões visto que eu sou uma pessoa com um feitio pouco fácil de lidar, mas que procura sempre a justiça.
Tenho muitos planos de viajar e inspirar enquanto blogger porque passo muito tempo em casa e acabo por perder do meu dia é como se uma depressão quisesse bater de novo na minha janela, mas como eu já passei por essa experiência menos boa gostava de tentar evitar.
Só quero ser feliz!
Só quero ter os meus gatinhos perto de mim, a minha família, o meu namorado, os meus amigos com as suas gargalhadas e convívios, quero provar muitos bolos, comprar muitas velas, mudar a posição do quarto quando eu quiser, experimentar novas receitas e ter o privilégio de acordar todos os dias com saúde.
Que desabafo ein!

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Biscoitos da Época

 

Hoje eu trago-vos uma receita muito fácil de biscoitos de Canela para comerem ao lanche ou para aquele aconchego antes de ir para cama.
A receita é muito fácil apenas irão precisar de:

  • 500g de Farinha de Trigo
  • 250g de Açucar
  • 250g de Manteiga ou Margarina
  • 1 ovo
  • Canela a gosto

Indicações da receita:

  • Coloque tudo numa tigela até a mistura ficar homôgeneo
  • Abra a massa com o rolo
  • Corte a massa na forma que desejar ou pode até mesmo utilizar formas
  • Coloque os Cookies numa assadeira e coloque no forno por mais ou menos 15 minutos ( dependendo da espessura)
O melhor acompanhamento será com chá ou cevada.
Está Pronto e Bom Apetite!

 


quinta-feira, 24 de novembro de 2016

O Leitor- O filme


Um dia destes estava a procura de filmes para ver a noite na programação da AXN Black e encontrei este filme, o tema chamou demasiado atenção e arrisquei.
O filme é passado na altura da segunda guerra mundial na Alemanha em que uma mulher de 30 e tal anos que trabalhava nos eléctricos tem um caso com um rapaz de 15 anos ( parece um pouco pedofília), o que é absurdo porque nessa altura era probido muitas coisas, as pessoas não tinham liberdade de expressão e muito menos podiam relacionar-se assim com outras pessoas ( hoje em dia é normal haver relações com grandes diferença de idade).
O rapaz de 15 anos gostava dela assim como ela gostava dele, ele lia para ela muitos livros como o livro de Homero ou o livro da Dama e o Vagabundo entre outros porque ela não sabia ler nem escrever.
Portanto, o filme ilustra o romance que eles tiveram juntos até a separação, como cada um vivia a sua vida até que haverá um acontecimento que fará eles olharam um para o outro de maneira completamente diferente.
Espero que tenha deixado alguma curiosidade.
Um resto de um bom domingo!
Beijinhos!

sábado, 19 de novembro de 2016

Nada mais atraente do que uma boa conversa


Tudo o que procuramos numa pessoa ás vezes não é o número de telemóvel ou envolvermos com ela, mas ás vezes só o facto de sentarmos numa mesa com alguém a conversarmos de temas em comum ou da actualidade muda completamente tudo.
Qual foi a última vez que falaste com alguém cara a cara?
Ás vezes nem é necessário sairmos de casa para vivermos bons momentos basta chamarmos uns amigos ou eles virem ter conosco preparar uma boa refeição, ter algumas bebidas e conversar até todos desejarem ir dormir.
Acho que tirassêmos mais proveito desses momentos rimos muito mais porque ás vezes as conversas pelo telemóvel fazem-nos sequer ouvir a nossa voz por horas e as nossas gargalhadas não libertamos a tensão do stress.
Quando eu vivo estes momentos eu sinto-me muito bem e muito feliz por poder estar com as pessoas que gosto.
E é claro que para mim uma conversa é o suficiente para aprender com outras pessoas e melhorar a minha auto-estima.
É disso que todos nós precisamos!



terça-feira, 15 de novembro de 2016

A garota que eu nunca beijei- Suelen Perez de Azevedo



Olá!
Vim com muito gosto partilhar esta publicação de que já foi enviado a algum tempo pela chiado editora.
Tenho estado a ler este livro nos últimos tempos e estou adorar.
Este livro trata-se de um rapaz de 13 anos que vive com pais e que estão constantemente a mudar de cidade, o seu pai é jornalista e a mãe é psicológa.
A história fez identificar bastante porque retrata a vida de um jovem que está constantemente a mudar-se, a fazer novos amigos, adaptar-se a uma escola e depois ter passar a vida a despedir-se de pessoas.
Entretanto, ele conhece uma rapariga no Belo Horizonte e apaixona-se por ela é interessante que este livro dá para viver aquela fasquia do primeiro amor e as primeiras sensações.
No entanto, os pais necessitaram de mudar de novo para outra cidade e o rapaz teve de deixar o seu amor e eles os dois fizeram uma promessa de aos 18 anos encontrar-se.
Será isso irá acontecer ou ele encontrará novas sensações numa outra cidade?
Deixo a curiosidade com vocês de lerem este livro que é bem divertido e todos os capítulos vem acompanhados de alguns versos de músicas de vários artistas.
Foi um livro que fui muito pela capa e comecei amar o conteúdo ainda não acabei de ler, mas é muito bom,  faz-nos sentir boas sensações e vibrações.

Espero que tenham gostado!

sábado, 12 de novembro de 2016

Seria melhor...


Seria melhor uma mulher viver despida não exactamente nua, mas sim despida de sentimentos fortes que podem fazê-la cair num precipício sem fim.
Ás vezes parece que o melhor será viver sem grandes demonstrações de amor, grandes sorrisos e gargalhadas porque parece que isso confunde as pessoas.
O que leva-as pensar nisso é que as pessoas aproveitam-se muito do sentimento que tem por elas para fazer o que bem e querem.
A mulher romântica que deixa de sorrir, amar com intensidade e sem grandes convívios é vista como uma mulher fria, anti-social ou uma chata.
Mas será que é preciso ser assim para não chorar tanto, defender o que pensa, ter paz e ser amada em condições?
Será é necessário sofrer com tantas desilusões e desistir de amar?
Será que é melhor escrever um livro para outras mulheres alertando para que não amem tanto?
Talvez...façam bolos, tartes de maça, bebam um chá quente, vistam a vossa melhor lingerie, vistam as vossas meias mais coloridas, coloquem o batom que mais gostam...
Será isso o suficiente?
Entreguem-se a vocês mesmas e não a quem não vos valoriza.
Invés de desperdiçares os guardanapos do café com bilhetes para o amor não correspondido escreve uma música ou um poema para ti.
Tenta adormercer na tua cama pensando no plano que tens para ti e o teu futuro.
Esquece os contos de fadas e as expectativas falhadas, faz as tuas escolhas serem mais parecidas com a realidade.

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Playlist de Novembro



Hoje vim partilhar a minha playlist de novembro tenho andado a ouvir novas músicas e também aprofundar um pouco nos nossos artistas portugueses.
Espero que gostem desta playlist que pode vir a acompanhar-nos nas deliciosas tardes de Outono.



Dillaz - Saudade




Veecious V & SP Deville X Ary - Lua/Chuva




Abra- Fruit




Keith- B & Áureo & VA- Quem manda no club (Afrohouse)
Na minha família temos um mundo de artistas e temos cantores também o que é muito bom.
Gostei tanto desta música que não consegui resistir em não partilhar aqui no blog.




Fancy Cars- Set me on Fire ( ft. Brandon Hall)



 The Knocks- Heats (ft. Sam Nelson Harris)




Trinix- No sleep


Espero que tenham gostado!


terça-feira, 8 de novembro de 2016

Desconectada


Tem dias em que apetece mesmo desligar o telemóvel, o tablet, fazer uma boa playlist, colocar os fones e andar por aí sem saber quando voltar.
Por vezes estar constantemente nas redes sociais traz uma pequena frustação como ver pessoas muito felizes, pessoas muito perfeitas, pessoas muito bonitas e tonificadas fico ali a olhar naquelas imagens a tentar fazer ideias de como posso ser perfeita como aquelas pessoas que eu vejo.
Aí eu penso que aquelas pessoas que estão ali podem não estar a demonstrar como realmente estão e só estou a iludir-me.
Ver roupa o dia todo faz o meu sistema pensar que precisa daquelas roupas, e na verdade não preciso.
Estou cansada de receber pedidos de amizade de pessoas indesejáveis a minha vida, estou com vontade imensa de não ouvir o messenger tocar ou estar atenta as notificações do Facebook isso deixa-me stressada e ansiosa.
Parece que vivo enervada comigo mesma por permitir todos esses ruídos na minha vida como se viesse sempre um novo problema.
Preciso de desligar tudo de mim e ficar apenas comigo.

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Portugal Curvy - Riscas

Olá grandes sonhadores/as!
Venho partilhar com vocês uma colaboração com algumas meninas muito inspiradoras com vontade de podermos mostrar como nem tudo o que a moda diz que não podemos vestir fica-nos mal.
Entrei para o movimento Portugal Curvy graças a um email que chegou-me da blogger Ana Nogueira.
Esta colaboração foi lançada pela a blogger Ana Nogueira do blog A plus size girl who loves Fashion e quem deu a ideia do tema este mês foi a Catarina de Sousa do Blog Cubanna.
E é claro que aceitei fazer parte desta colaboração porque não só nos encorajamos umas as outras e acabamos por libertar outras pessoas dessa ideia da moda que não podemos vestir certas coisas.
Ao longo da minha vida sempre vesti coisas que ditado pela moda não se poderia vestir, eu sempre arrisquei e acho que nunca arrependi.
Fiz umas fotografias com uma das únicas peças de riscas que tenho
Incrível que pareça lembrei-me que o meu frigorífico também está as riscas logo decidi fotografar em frente dele.
Espero que gostem e vos inspire muito!

 
 
 
 
 
 
Camisa- Stradivarus
Calças Straight Leg- Modalfa
Cinto- Primark
Batom- Essence n*14
Chapéu- Primark
Tênis de Platafroma- Primark

Irei deixar o link das meninas que fazem parte desta colaboração:

sábado, 5 de novembro de 2016

África Minha!


O meu orgulho de ser africana não está associado ao facto de lá estar ou não, mas sim em olhar ao espelho e ver essa minha cor linda que é o reflexo de uma África imensa coberta de cor, sabor e muita descendência.
Sinto-me bem africana quando é hora de mimar esses meus cabelos macios que por outros são intitulados de um jeito cruel.
Orgulho é colocar aquela garfada de Cachupa, Moamba, Funge, Kisaka nos meus lábios e saboreá-los como se fosse a única comida a fase da terra.
Ser africana e poder revestir o meu corpo das capulanas cheias de cor, ritmo, alegria, pobreza e riqueza tudo o que a minha África transmite.
África deve ser vista com os olhos e guardada no nosso coração.
África cheira a terra vermelha.
África é a dança da família.
É a união da Kizomba, do Funaná, do Semba, do Kuduro numa só língua.
África mora no meu sangue.
África é minha!


quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Novo video no canal -Cabelos Crespos, Resenha da Novex

Olá!
Hoje convido a passarem pelo meu canal hoje lancei um video dedicado aos cabelos crespos e também falei de alguns produtos que uso.
Também não fiquei sem falar um pouco da minha experiência com o meu cabelo.
Espero que gostem!

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Estou cansada.... tão cansada

Olá!
Os meus últimos dias tem sido muito dolorosos é que desde Agosto estou com uma lesão no meu joelho e tenho piorado cada vez mais, ou seja, não consigo ir estagiar, não consigo estar de pé, nem para cozinhar ou fazer outra coisa qualquer.
Tenho passado os dias mais deitada ou sentada durante os meus dias em casa ocupo os meus dias a ler livros, ler blogs, ver vídeos de Youtubers e pensar no quanto estou a perder por estar dentro de casa por tanto tempo.
Fico stressada e nervosa com receio que a minha frequência no meu curso seja metida em questão já que falta um mês para acabar tudo.
Ás vezes penso que eu estou a falhar, mas que a culpa não foi minha, não tenho respostas dos médicos, os meus exames não acusam nada e tenho de estar sujeita a mais exames e mais médicos, ou seja, irei demorar uma eternidade para saber o que tenho e receber o devido tratamento.
Para não deprimir na cama com o quarto escuro pensando nas coisas tristes da vida com muito incentivo do meu namorado abri um canal no Youtube para poder fazer e mostrar coisas que goste.
E isso vai correr bem.
Só que gostava de estar a estagiar ao mesmo tempo porque distraía a mente, cumpria as minhas horas e teria uma boa nota, mas sinto que estou a desiludir toda gente.
Estou mesmo cansada deste ciclo vicioso.
 
                                                                (Imagem retirada do Pinterest)