domingo, 31 de janeiro de 2016

Tudo isto porque sim

                                

Nunca vou conseguir perceber esta nossa união que derruba todos os maus momentos, os maus pressentimentos e maus pensamentos.
Eu sempre soube que uma relação verdadeira não seria fácil, mas vale a pena ter-te aqui.
Lutamos constantemente com o que outros dizem, o que querem saber e o que ainda não sabem.
Mas na verdade, passaria mais dia da minha vida a desabafar tudo o que tenho envergado em mim sempre com a necessidade que me entendas e aconselhes.
Definitivamente, eu não procuro em ti desperdicio de tempo, mas sim aproveitar todo o tempo, sugar todos os minutos e saborear os últimos segundos quando perco-me no teu olhar.
Tudo isto porque sim porque eu sei que enquanto eu durmo as tuas mãos arranjam sempre o cabelo despenteado que a almofada deixa. E até no sono tu procuras cuidar de mim nem que seije do cabelo que está fora do lugar.
Pelas nossas manhãs ou madrugadas eu tenho sempre o teu braço debaixo da minha cabeça e os teus lábios tão perto dos meus, por vezes penso que deve ser a tua forma de assegurar confiança e de que estou protegida.
Nunca pedi que me amasses dessa maneira, mas mesmo no sono inconsciente soltamos palavras de amor e voltamos adormecer.
Tudo isto porque sim, olha é porque eu amo-te.

nono

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Segredos


Queria saber teus segredos.
Sonhei que num dia de sábado teus segredos começaram a desabafar, tive medo mesmo muito medo, mas tive sorte também.
Queria saber seus segredos para ver se falam de amor.
Olha vou contar um dos meus segredos, sou virgem e amo-te não escondo isso.
Um dia pensei que teus segredos se viam abandonados pelos ventos secretos.
Então deixei o segredo caminhar!
nono

sábado, 23 de janeiro de 2016

Reality is a prison



A realidade é uma prisão e muitas vezes prefiro libertar para os meus próximos pensamentos, minhas músicas, os textos que crio na minha mente.
Por dentro de tanta fantasia escuso de ficar com algumas realidades da minha vida e sonhar um pouco mais alto.
Sinto que nas noites em que não consigo adormecer é quando entro profundamente em planos de vida e continuar pela minha vida todos os dias, em poder estar pertos dos meus e poder continuar a desfrutar de bons momentos.
nono

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Botas acima do Joelho

Quando eu olho para estas botas eu penso em inverno, conforto e estar quentinha.
São umas botas super estilosas e dão para combinar com várias peças de roupa como vestidos, calças, casacos compridos, temos uma variedade de outfits para acompanhar com estas botas. Só temos de abrir a imaginação.










                                                            nono

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Rayza Nicácio- prova de força

Olá Grandes sonhadores/as,

Eu sigo religiosamente esta blogger, ela chama-se rayza, é de nacionalidade brasileira.
É uma blogger muito alegre, cheia de vida e bons ideais.
Ela destaca-se entre certos temas que motivam muito a ter força e uma motivação para comigo própria como por exemplo como aceitar o meu cabelo mesmo sendo um cabelo crespo, ela fala do seu estilo que é muito anos 90.
Também fala do facto de sermos negras ou pretas e como ter orgulho na nossa cor.
Ultimamente, eu tenho tido uns dias meio alegres e muito tristes também e para levantar a minha aura gosto de escutar os vídeos dela enquanto estou no estágio porque ela fala de coisas que nunca disseram e faz-me querer lutar e ser eu mesma.
Eu amo animação dela nos vídeos, as dicas de beleza e como manter uma boa auto-estima.
Entretanto, para matarem a vossa curiosidade eu vou deixar aqui o canal dela para que se inspirem muito e conheçam mais uma blogger.
Beijinhos!

Canal do Youtube: Rayza Nicácio




nono

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Vim escrever sobre o teu abraço



Nunca esquecerei o nosso primeiro abraço acho que já te disse que soube logo que seria tua.
Não paro de escutar a tua voz na minha mente é como se encontrasse a paz nela, queria poder dizer-te que eu amo-te e quero poder dizer muito mais.
Dentro dos nossos abraços de manhã e de noite enxugo as minhas lágrimas de todo o sofrimento e o vazio em mim.
Os teus ombro são onde penso e repenso no quanto quero uma vida contigo, no quanto devo ser feliz e no quanto continuo a escrever de ti.
Talvez eu sempre quis ser tua, mas faltava encontrar-te.
Num pensamento de criança eu disse-te que uma luz brilhou sobre a minha cabeca e disse-me iria sofrer muito, mas que no final eras tu com quem iria ficar.
Pareço uma criança né?!
Mas de tão apaixonada fico assim divagando no meio do nada ou da minha pequena ingenuidade.
Vim aqui para escrever sobre o teu abraço quente, de paz, de conforto e aquele onde deito na felicidade procurando viver o amor intensamente.

nono

domingo, 17 de janeiro de 2016

Bolo de caneca... Aserio que eu tentei!

Eu consultei uma receita super fácil de bolo de caneca pois eu e o meu namorado estavámos cheios de fome e pensei que essa receita seria bem deliciosa e muito prática.
Eu fui ao google pesquisei por uma receita qualquer.
Fiz a receita tomando atenção que a receita disse para não preocupar se transbordar, mas vejam o que aconteceu:

A receita
O link da receita





O resultado kkkkkk:



nono

sábado, 16 de janeiro de 2016

Os tênis e os Cardigans: juntos funcionam tão bem


Hoje andei pelo Pinterest e há sempre certas peças de roupa que inspiram para a semana e é de facto os cardigans e os tênis.
Os cardigans por serem quentinhos e podermos vestir com vestidos ou calça jeans e estarmos confortáveis, e eu adoro essa combinação.
Espero que gostem!
Beijinhos!









nono

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Não sei gostar, sei amar



Sei agarrar o teu cabelo e puxar a tua cabeça até a mim para estar de encontro com os teus lábios.
Sei vestir as tuas roupas que parecem vestidos no meu corpo e uso elas para sentar entre as tuas pernas e dançar para ti.
Amo acordar dos pesadelos e ter o teu peito para chorar e poder acreditar que era tudo um sonho.
Amo ter as madrugadas contigo para fazer planos de vida contigo.
Não tenho medo de dizer que quero educar um filho como tu.
Não tenho medo de tatuar o teu nome com medo que a sociedade possa renegar.
Quero exibir a nossa relação começando pelo sorriso e acabando na cumplicidade .
Sei amar porque nos momentos mais obscuros da minha vida estiveste lá presente e disseste que nunca abandonarias.
Existiam tantas maneiras de fugires de mim, mas graças a Deus somos amantes um do outro e não sabemos gostar, mas sim amar e baixar nossos braços perto do corpo um do outro e assim guardarmos os nossos segredos.


nono

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Á procura do amor


Sejam bem-vindos ao espaço que criei em memória da minha mãe com alguns textos que foram escritos por ela.
Espero que gostem e que acompanhem o meu blog pois pretendo publicar todas as semanas um texto.
Aqui está o primeiro:

Aí finalmente encontrei o amor que procurava a muito tempo.
Que amor é este que se foi embora que porventura caiu e desmoronou-se em águas frias dos rios das minhas cidades.
Meu amor por ele era tão grande que nasceu,cresceu e morreu.
Será que meu coração vai acordar de tanta mágoa?
Um dia, acordou e disse:
- Amo-te minha querida não durmas eu preciso de ti!
Meu amor acordou e disse:
- Querida, tu não mereces, tu não me amas, tu não acreditas em mim, porque és amarga, tu não tens amor próprio?
Será que tu não aprendeste amar?
Nunca vais aprender amar.

nono

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

A lolita foi à lua



A lolita era uma rapariga vista como alguém muito melancólica, muito pálida e com uma inocência que tinha sido tirado enquanto era nova.
Ela não tinha casa nem sítio para onde ir, então ela foi á lua.
Porquê á lua?
Ela foi á lua porque lá era apenas universo, aquele universo em que ela não se comparava com as meninas da terra, ela teria orgulho pelo seu cabelo e uma pele negra, mas com um ar pálido, ela não se entregaria á perfeição, mas abraçaria todos os seus sinais que para os outros parecia anormal.
A lua dizia para ela que não podia mudar ela, mas podia fazer ela habituar-se a si própria.
A lua dizia que não era a roupa que dizia quem ela era, mas que fazia parecer quem ela não era e que roupa só serve para ser vestida.
A lolita preferia viver na lua livre de preconceito e orgulhosa e ouvir que era bonita.
Enquanto ela estava na lua ela sentia que finalmente era atriz e a escritora da sua história que tinha sido manchada.
Na lua ela via a sua evolução e a sua aceitação, ela fazia com que os outros não desenhassem quem ela não era e ela não tivesse que provar nada a ninguém, mas simplesmente ser ela própria.
A lolita tinha que perceber que era linda e tropical, era radiante e inesquecível, era pura e doce e era lolita que foi á lua porque a Terra era tudo o que ela não era.

nono

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Hello!


Olá Grandes sonhadoras/es eu estive algum tempo afastada do meu blog porque infelizmente existem coisas na vida que acontecem quando menos esperamos e eu não sei ainda se estou realmente preparada para voltar, mas gostaria imenso.
O motivo de eu não ter estado cá foi porque a minha mãe faleceu e até agora não vou saber dizer-vos como é que estou a sentir-me em relação a essa situação.
Como a minha mãe era uma mulher guerreira, corajosa e muito criativa também, eu acho que herdei o dom da escrita com ela, a minha mãe tinha muitos textos e poemas e queria muito que eu um dia os colocasse aqui no meu blog com receio que nunca fossem ser vistos.
É em memória dela que brevemente irei trazer uma nova etiqueta e um espaço aqui no meu blog para que possam apreciar a forma como ela escrevia e por meio dos textos conhecer a pessoa doce e carinhosa que ela era.

Obrigada pela vossa atenção,

nono