domingo, 31 de maio de 2015

O nosso quarto

Parece que nunca mais chegamos lá e fico a pensar nas coisas que imaginamos tantas vezes e nunca realizamos.
Talvez porque temos um presente sem grandes chances.
Será que o nosso futuro será assim?
Não tens noção da quantidade das vezes que agarrei no meu telemóvel para refletir a tua face, não importava que fosse só o perfil apenas alimentava os meus desejos.
Sempre que imaginava-nos num quarto deitados sem mexer um dedo, apenas falavámos, realmente é idiota da minha parte pensar que só vamos colocar a conversa em dia.
Ele falava-me docemente ao ouvido que seria perfeito despir-me a roupa, molhar o corpo com um óleo aromático e por fim, fazer amor comigo.
Parecia bom e era algo que queriámos a tanto tempo.

Apenas disse-lhe para despir-me de novo, não só a roupa , mas também todo o meu pensamento e fazer-me esquecer que existo.
Pedi-lhe que beijasse e ele prendeu-me os músculos beijando o meu corpo, sinceramente já não sabia o que fazer, tinha vergonha de ele ver o meu corpo a ceder aquele controlo.
As delícias com a sua língua não paravam por ali, cada vez que gemesse ele penetrava-me fundo e mais fundo...
Meu Deus, ele já estava dentro de mim se parasse perdia a graça de querer satisfazer-me.
A satisfação dele seria vir-nos os dois ao mesmo tempo, será que eu estava preparada?
Não passava de um climax cheio de prazer.

O meu corpo morreu sob o seu, eu queria mais, queria que ele libertasse ainda mais.
Sentir o cheiro do nosso sexo era a minha harmonia, a minha vontade era ter-lhe e agora somos um só.
A minha mente divagava porque os lábios dele rondavam os meus seios, parecia que não ficavámos por ali.
Naquela noite iria dormir com ele como se tivessemos vindo ao mundo outra vez porque ele era meu só meu.
Irei gritar e suspirar o seu nome mesmo ele não querendo que isso acontecesse.
Ele apreciava a minha voz doce quando tentava acordar de noite pedindo por mais.
Meu último desejo seria cairmos em sono profundo, amando a ti, a mim, a nós!


nono

Camo&krooked



Camo&krooked são um dupla de Dj de drumnbass.
Drumnbass é um estilo de música mais alternativo e eles são os meus favoritos.
Eles conseguem arrastar multidões para festivais para dançar ao som deles, é óbvio que gostaria muito de um dia assisti-los, mas enquanto isso faço questão de ouvi-los todos os dias a caminho da escola.
Espero que tenham gostado, até ao próximo sábado :)



nono

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Viagem #4 - Tailândia


Tailândia faz parte da minha lista de viagens. Acho que é local que traz uma certa paz e harmonia.
Eu acho que se estivesse lá agora talvez viria outra pessoa.
Iria ver tantas pessoas diferentes, uma cultura completamente diferente, tirar novas fotografias e usar a roupa mais confortável de sempre.
Espero ir até lá um dia mesmo que seije sozinha como uma viagem para minhas novas descobertas pessoais.
E também para ver o festival das luzes, é um momento lindo e que todos deveriam ver.


nono

quinta-feira, 28 de maio de 2015

D.I.Y - Cotoveleiras nas camisolas



Tenho uma paixão descontrolada e infinita por camisolas.
Quando descobri como se fazia cotoveleiras nas camisolas fiquei muito feliz porque acho mesmo muito engraçado modificar roupa.
Para esta modificação apenas necessitamos de um tecido que podemos comprar numa retrosaria, uma tesoura, um lápis para fazermos a forma que queremos, uma agulha e uma linha com uma cor semelhante á cor do tecido ou pode até mesmo ser diferente, a que achamos melhor.
Prontas Meninas?
Vamos ser criativas!
Beijinhos e até a próxima Quinta-feira!
nono

quarta-feira, 27 de maio de 2015

As minhas inspirações #2


Este verão não irei dispensar os vestidos ou saias rodadas.
Tenho alguns vestidos e saias como este padrão na imagem acima, e eu acho que é completamente perfeito para acompanhar com uns all-star ou ainda melhor umas sabrinas.
Admito que quando entro para dentro destes vestidos sinto-me muito bonita visto que estou a exibir as minhas pernas.
E é um estilo muito prático mesmo para ir á escola ou passear ao fim de semana.
Entretanto tenho outros dias que só apetece-me colocar uns calções e uma t-shirt simples e sair de casa.
Por vezes na simplicidade não deixo de estar fashion, mas estou um pouco mais descontraída.
De facto, este não seria um estilo a levar para escola devido ás regras dos calções, mas que tentação, está um calor...










Por fim, como todos os dias eu uso calças skinny jeans de cintura subida ( estas calças tem muitos segredos, mas convém ficar bem ás pessoas) sempre acompanhada com umas botas.
Eu tenho uma paixão imperdível por botas pretas ou estilo Boho.
Gosto sempre de estar confortável e bem vestida.
As jardineiras não dizem muito, mas tenho umas antigas do qual estou a fazer umas transformações para ficarem como realmente gosto e adequadas para ir para a escola.
Nestes dias acompanho a roupa com uma mochila pequena, quanto menos coisas tiver melhor.
Espero que tenham gostado e gostaria de continuar a mostrar as coisas que realmente inspiram.
Até á próxima Quarta-Feira!

nono

terça-feira, 26 de maio de 2015

A teoria de tudo



Sempre fui a rapariga que espantava com o espaço, certas invenções de cientistas e até mesmo perdia muito do meu tempo a assistir documentários porque isto é cultura geral e é algo que deixa parva.
Realmente tudo o que se passa a nossa volta tem razões tão complexas temos é de descobrir o porquê.
Assim que saio este filme eu vi e chorei o filme inteiro porque contava exactamente a história de Stephen Hawking para o mim o cientista mais inteligente do planeta.

Neste filme mostrou exactamente que nao era a doença dele que iria desistir da teoria que tinha, infelizmente ele ficou com uma doença do neurônio motor, ou seja, ele ficou numa cadeira de rodas, deixou de poder mexer o corpo e mesmo até falar.

Hoje vemos o Stephen Hawking apresentando documentários ou escrevendo livros de ciência por um computador que com o clique das mãos sabe o que ele quer dizer.

E sim chorei a ver este filme porque na maior parte do meu tempo digo que nunca vou conseguir fazer tal coisa, que é impossível, que não dá, são só desculpas porque da nossa parte e apenas deveria existir a força de vontade e mais nada.


nono

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Vendedor de Sonhos- August Cury



           
O primeiro livro desta séries é vendedor de sonhos " o Chamado" mas eu não cheguei a ler por não ter encontrado visto que na altura estava em Angola.
Lembro-me que tinham dado dinheiro para comprar umas coisas e eu acabei por gastar em livros de Augusto Cury porque o primeiro que li foi : "Nunca desista dos seus sonhos".
 Mudou a minha vida por completo e passei a levar a vida de forma mais positiva.
Enfim, o livro Vendedor de Sonhos é outro livro muito bom, eu sou crente em Deus e Jesus Cristo e este livro, não fala directamente dos dois como é obvio porque August Cury é como  um psicológo.
Entretanto, as ideias que ele apresenta neste livro é o facto de um ser vir a terra, sofrer tanto e ver o seu mundo a desmoronar e invés de contribuir com o mal passou a vender sonhos ás pessoas, e isso era feito por meio de discursos que paravam os curiosos na rua.
Este livro mostra exactamente a trajectória de cada um de nós pode ser admiravelmente complexa, escrita com lágrimas, tranquilidade, ansiedade, sanidade e loucura.
Não é só o facto de falar de Jesus Cristo, mas é porque faz-nos racicionar sobre os trajectos de vida que queremos traçar.

nono

domingo, 24 de maio de 2015

Organização no Blog Grande Sonhadora

Boa tarde queridos bloggers e seguidores.
Hoje vim falar sobre como vai ser a minha organização no meu Blog:
Ás segundas-feiras vou começar a postar textos sobre livros que já li o faço questão de ler.
Ás terças-feiras vou postar sobre Moda, dentro da moda irei falar sobre as minhas inspirações, estilos de roupa que aprecio e mesmo aconselhar sobre algumas coisas que poderei ajudar para quem lê.
Ás quartas-feiras irei postar sobre filmes que já assisti e normalmente assisto filmes de drama, Romance e depende da Ficção científica.
Ás quintas-feiras vou postar sobre DIY, sendo uma das coisas que gosto de fazer e mostrar guardo para quinta-feira sendo uns dos melhores dias para mim.
Ás sextas-feiras, as minhas viagens.
E por fim ao sábado sobre música e ao Domingo como é o dia de descanso e mais relaxado poderei escrever algo mais pessoal.
Achei que desta forma iria ser mais fácil organizar o meu blog porque estou a compremeter-me com todos vocês.
Beijinhos e um bom fim de semana.

P.s: todas as imagens que eu publicar aqui no blog vem do google, pinterest e Tumblr.
nono

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Bullying ou falta de amor?




Sei que não tenho estado muito presente aqui no meu blog, mas é mesmo por motivos pessoais.
Por isso espero continuar a lançar publicações.
Entretanto, hoje vou falar de um tema que tem sido bastante alvo de debate visto que é algo que já faz parte da nossa sociedade.
Eu lembro-me que era raro assistir as notícias e ver tantos casos de bullying, realmente sofrer mal-tratos na escola, nas redes sociais ou dentro do nosso mundo social como nossos amigos não tinha etiqueta de Bullying.
O bullying sempre existiu, mas como sempre a sociedade esconde coisas que não os interessam somos praticamente obrigados a ficar na ignorância.
A minha opinião em relação a este tema já devo ter falado aqui pelo blog, mas de forma muito rápida.
Estes jovens sofrem de falta de afecto, falo dos jovens que atacam. Eles vivem num mundo de revolta e descarregam raiva nos outros.
Por vezes eles fazem isso porque os outros tem uma qualidade de vida diferente da vida que os pais deles não conseguiram dar, sei lá existe o facto de um ter roupas de marca e o outro não, as tecnologias, sair com os amigos, ter muitos amigos e pessoas que deêm atenção.
A maior parte dos pais destes jovens que viram monstros esfolam-se a trabalhar para dar-lhes tudo que podem até o que não tiveram no tempo dele como jovens.
Talvez não haja comunicação entre eles que faça com os pais saibam onde os filhos estão, o que fazem no seu dia-a-dia, como vão as notas na escola ou se tem amigos, entre outros assuntos...
Se os pais não tem tempo para estes pequenos monstros então aí deve entrar as autoridades e castigá-los porque não é necessariamente por não terem certas coisas ou não serem como os outros que devem tratá-los como tem feito ultimamente.
O bullying é assunto muito discutido e muito opinado, portanto eu só dei a minha opinião.

nono

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Eu e as tatuagens



         


          



Tenho uma paixão muito grande por tatuagens.
Eu nunca pensei em ter uma, mas a primeira tatuagem que fiz foi na perna.
É uma pena de pavão com um infinito e um coração, no topo da pena coloquei um laço com uma frase dizendo: " Stay Strong ( mantém-te forte)".
Esta tatuagem simboliza a minha luta contra a depressão e a vontade de querer manter forte porque eu quis deixar uma rotina para tentar ser feliz.
A minha segunda tatuagem acabadinha de fazer é uma Hamsa e uma Flor de Lótus para mim não tem nenhum simbolismo simplesmente fiz porque gosto.
Confiem em mim que as tatuagens não doem assim como parece, a dor normalmente depende de pessoa para pessoa, mas eu não sinto muita dor como esperava sentir.
O tatuador também é uma ajuda quando é uma pessoa que deixa-nos á vontade ao ponto de conversarmos até que a tatuagem passa num instante.
Eu vou continuar a tatuar o meu corpo, mas apenas partes do corpo que não esteijam muito á exposição porque um dia vou ter de trabalhar e convém disfarçar, mas mesmo não irei deixar o que gosto de fazer.
Dou força ás bloggers que quiserem tatuar!


nono

segunda-feira, 18 de maio de 2015

As minhas inspirações

Ultimamente tenho sentido uma necessidade de partilhar coisas que também me identifique para além de escrever sobre amor. Mas gostava que em simples imagens os meus leitores pudessem saber do que gosto e inspira para uma boa semana.
Este é o meu estilo para uma boa semana, só preciso de colocar estas botas tipo o estilo grunge pretas, uma camisola confortável e umas calças skinny jeans.
Pronta para ir para a escola!







domingo, 17 de maio de 2015

Lês a minha mente



Parece que estás em todo o lado da minha vida.
Pareces ser um amor imaginário que nos momentos mais improváveis, lá estás tu presente na minha vida, numa figura, numa frase, num toque, numa música ou como estava vestida no dia em que apaixonei-me por ti.
Amava o facto de não precisar pedir-te algo em troca, tu sabias ler a minha mente.
Sabias até o sabor inesquecível que tinha na minha boca.
Tantas coisas boas que deixas em mim.
És capaz de ler a minha mente ao ponto de saberes como gostaria de ser tocada.
Os outros não servem para mim e lá estou eu a divagar, mas a culpa é tua.
Pretendo viver com a paciência, mas não aguento mais estar longe de ti.

nono

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Um livro num dia, com a Chiado Editora

O dia mundial do livro ficou marcado no dia 23 de Abril.
Entretanto, hoje estou abordar sobre este tema porque a Chiado Editora lançou um desafio muito interessante que era escrever um livro num dia.
Entendo que escrever um livro não é fácil e exige mesmo esforço, mas é este tipo de incentivos faz com que os jovens tenham vontade de escrever e criar algo original.
Existem muitas histórias que ainda não foram contadas e escritores que hoje nós apreciamos tanto portugueses como brasileiros que começaram do nada, talvez pensavam que nunca iriam ter tanto sucesso como tem agora.
Para mim é bastante essencial continuarem a promover este tipo de exercícios.



                                                          nono

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Tranças de lã- Faz o cabelo crescer



É uma arte Africana.
Sei que parece estranho, mas são mesmo tranças feitas em lã e dá impressão que coloquei rasta no meu cabelo todo.
Mas é uma das maneiras de fazer o cabelo crescer, eu tenho um fio muito grosso de cabelo, mas é brilhante e macio isto já é algumas magias que aconteceram para eu estar cá e ter o cabelo que tenho.
Desta vez decidi apostar neste penteado visto que estamos próximos das épocas de festivais de verão e gostaria de ter um look muito chill.
Aproveitei para umas sessões de fotografia e a minha gata nunca fica de fora kkk.


nono

terça-feira, 12 de maio de 2015

Eu enxerguei


Enxerguei a poucos dias que era contigo que deveria passar o resto da minha vida.
Digo isso porque não estás comigo como sempre escolheste experimentar e fazer coisas que não fazem o teu tipo porque eu faço.
Eu sou tua, eu sim sou o teu tipo.
Sempre serei a única que vira a tua cabeça do avesso, que torno as nossas discussões viradas para o Romance talvez com algumas lágrimas e gargalhadas depois.

Quem mais tocou-te assim que acordasses cheio de apetites?
Mais ninguém!

Por vezes apetece-me rogar-te pragas por viver um amor tão obsessivo, acho que penso assim de forma tão obsessiva e violenta porque o meu primeiro amor, o primeiro que rapaz que entreguei-me, destruiu-me por dentro e por fora.
Fora as coisas que já tivera ensinado para aprender a conquistar o que queria, mas ele destruiu-me até hoje, estou mais adulta não penso nele, mas numa coisa és parecido com ele.
Vocês fazem-me amar mais do que deveria porque vocês não fizeram o mesmo.
É dessas coisas tão simples que enxergo quando estou sóbria e sozinha.
Não entendo como consegues encher de sentimento e vontades pecaminosas quando deveria haver distância ou uma barreira de todas estas coisas.
Só não me obrigues a não apegar-me a ti!

nono

sábado, 9 de maio de 2015

Beyoncé




Beyoncé, uma das divas da minha vida.
Já escuto Beyoncé desde pequena e sempre apreciei o trabalho dela enquanto cantora apesar de com o passar dos anos acabei por perceber que ela era feminista e defendia nuito bem o direito das mulheres.
Ela é uma das mulheres mais influentes do mundo.
Gosto de escutar as músicas dela mesmo não sendo fã número 1, mas ela escreve temas fortes até temas que poucos escreveram devido a profundidade, eu penso que ela praticamente fala e liberta as mulheres ao mundo.
Falo isso por ela ser famosa e ser díficil querer fazer coisas normais como nós, ela tem inseguranças até pode ter o corpo mais perfeito do mundo, mas dentro de isso tudo ela esfolar-se a mostrar algo que não é.
Eu sigo o instagram dela e ela tem posts de fotos que mostram demasiada simplicidade e o que admiro numa mulher é mostrar o que está por baixo de toda aquela maquiagem e é simplesmente uma mulher comum.
Entretanto, também já fui viciada em conspirações sobre ela fazer parte de uma das famílias dos Illuminati, mas aserio que perdi o interesse porque não vai haver ninguém que diga que é verdade ou mentira.
Vou deixar umas das músicas dela que apesar de ser triste eu amo.

                                                 
      nono

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Silencia-me, eu preciso



Fizeste deitar na tua cama, só para sentir-me tua ou talvez mulher.
Por mais que fales irás sempre silenciar com o teu beijo como se fosse o primeiro, aquele que involuntariamente mordes-me antes de deliciares os meus lábios sendo assim consegues fechar a minha mente de novas ideias.
Mesmo que comece amar-te não vou querer dizer-te porque tu silencias as minhas palavras com o teu corpo.
Sorrimos, lançamos gargalhadas, fazemos caretas somos dois amantes sortudos, os nossos corpos falam por si.
Os nossos movimentos que nem fazemos ideia como fomos ali chegar, talvez é vontade de amares o meu corpo, desejas tanto e sabes que eu preciso disso e de ti.
O facto de não pensarmos e acelerarmos o tempo, dá-nos tempo de apreciar cada pedaço um do outro, assim como as nossas imperfeições.
Acabamos por guardar isso em recordações nossas!
Molhamos o nosso corpo, discutimos a nossa realidade e massagamos a pele um dou outro sabendo que ela é a única que deixa-me tocar-te ainda mais fundo do que já fui alguma vez em toda minha vida..
Sinto como se vivessemos de uma orgia só nossa, nós os dois, eu e tu, eu amo...
De facto, o melhor momento é regressar ao meu lugar fresca e feliz, sabendo que és tu quando coloco a minha mão nos meus lábios e sentir-te.
Mais uma silenciaste-me com o teu cheiro, o único que justifica tudo isto entre nós.


nono

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Vivo num mundo à parte -Lisboa, Cacém

O meu melhor amigo sempre disse-me isso, que eu vivo num mundo totalmente à parte a única razão é que não saio de casa por não gostar muito de sair de casa, prefiro estar no meu conforto.
Ontem eu fui a Lisboa, Cacém e assim que saí do barco senti que estava em Lisboa, na cidade em que estilos de roupas, cabelos e maneira de pensar é muito para a frente.
Vou contar-vos coisas que vejo em Lisboa e que não sabia que sequer existiam.
Um dia fui á Pull and Bear da Baixa e achei o design da loja muito criativo, mas no canto da loja eu vi uns cacifos em que pomos lá uma moeda e o nosso telemóvel fica lá a carregar enquanto estamos ás compras, juro que fiquei tão contente que mandei mensagem no meu melhor amigo pensando que estivesse a dar uma novidade, ele riu-se e disse tens de sair mais de casa.
Também quando fomos ver as 50 Sombras de Grey porque na altura erámos um casal e ele pediu para ir comprar pipocas no intervalo e eu não sabia que tinha uma parte lá em cima perto das salas de cinema que vendiam, então fui até lá embaixo perto das bilheterias e como vi muita gente, voltei e disse não consegui.
Ele ficou com uma cara e eu senti-me muito envergonhada por não saber estas coisas.
Entretanto voltando ao assunto inicial, fui a Lisboa, Cacém e segui para estação de Cais Sodré e como ainda não tinha visto como tinham ficado a marginal até a estação fui a pé e estava um sol e uma brisa tão boa, passavam pessoas a fazer exercício, outros a beber o seu primeiro Starbucks.
Enfim, depois de chegar á estação não era aquela que tinha de apanhar o Comboio para Cacém logo tive de apanhar o metro para a estação de Rossio, ao comprar o bilhete ofendi uma máquina automática.
Entrei no Comboio e fiquei admirar as vistas, sinceramente ainda tenho muitas coisas para ver em Portugal invés de ir gastar dinheiro lá fora por uma questão de moda.
Assim que cheguei a Cacém liguei o GPS e simplesmente segui aquela máquina que diz : vire ligeiramente á direita, tipo aserio?!
Em Lisboa andasse muito e na parte de subir aquelas ruas pequenas sem fim, foi o suficiente para dizer que já tinha feito exercício de manhã.
Cheguei ao meu destino, fiz uma transformação ao meu cabelo e na vinda para casa, tinha uma ligeira dor de cabeça, mas também tinha atenção de muitos.
Valeu a pena!


nono

domingo, 3 de maio de 2015

Autora da minha história

Poderia reconhecer os meus limites, os meus pontos fracos e os meus erros.
Já não sou eu que conto a minha história são outras pessoas que escrevem e muitos a leêm e não sabem interpretar.
Talvez se um dia reconhecesse os meus limites eu saberia que não devo amar mais do que devia, apaixono-me rápido e o meu sofrimento é longo.
Se soubesse os meus pontos fracos não olhava para trás e tentava ser mais forte e não deixar que outros usem o meus pontos fracos para tirar um pouco de proveito.
Se os meus erros não existissem era certo que não era eu, era a rapariga diferente de todas as outras, viveria numa ilha longe das pessoas onde não pudessem julgar, onde ninguém conheceria, saberia o meu nome e nem teria de preocupar com as roupas no meu corpo ou sentimentos que teria de dar a uma pessoa. 
Seria alguém sem uma história para contar, seria pacífico!

nono

sábado, 2 de maio de 2015

Dirty Dancing 2 - O filme da minha vida




O dito filme que sei as cenas e falas de trás para a frente.
Dirty Dancing foi e é o filme da minha vida pela simples razão, a história que é de uma rapariga que vem da América e ela e os pais, mais a irmã mudam-se para Havana,Cuba.
Atenção que este filme passasse-se durante a Revolução dos cubanos contra Fidel Castro.
Ela acaba por ficar lá a estudar e sempre que ela fosse para o caminho de casa via espectáculos ou mesmo o convívio dos cubanos a dançaram alegres e toda aquela sensualidade e jingar mexia com ela.
Como todos os curiosos ela tentava mexer o seu corpo como eles, mesmo que conseguisse, ela não entrava no ritmo ou sequer ouvia.
Para dançar é preciso sentir o ritmo.
Entretanto, ela acaba por conhecer um rapaz cubano e assim que juntam-se, só querem dançar juntos, estarem juntos, dançando aos ritmos cubanos.
Portanto, o filme já começa a ter piada porque já há vontade própria de dançar e um Romance no ar.
Espero que gostem, pois praticamente ia contar o filme todo lol

nono