segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Consciência de um ignorante

Depois de algum tempo ouvir certos assuntos e deparar com algumas situações eu decidi falar...
As raparigas que hoje, estão a tornar-se mulheres pensam que tem de ser todas iguais, isso para mim é como fossem robots porque querem ter todas a mesma forma de corpo ou muito magras ou com umas ancas que nem eu sei de onde apareceram.
Será que só agora descobriram que tem ancas, mamas, pernas e uma cara bonita e estão escandalizadas?
Devido a sociedade que temos que parece que só tem objectivo de tirar a auto-estima das pessoas.
A moda vem e vai não sei porque as pessoas se importam tanto em segui-la porque realmente já tivemos moda de tudo.
Pessoas que insistem que devem ser perfeitos, caras de bonecas e bonecos com penteados idênticos,e se eu falo isso ainda posso ser criticada porque não quero seguir modas, eu sempre fui magra do nada engordei e do nada emagreci de novo como se nada tivesse mudado, nós só temos de estar confortáveis com nosso corpo aquele quando estamos nus em frente ao espelho e não por baixo da roupa que contém tantos segredos.
Outra situação é precisamente do homossexualismo.
Eu não entendo o porquê de tantas críticas se já foi provado que somos todos diferentes, ninguém nasce homossexual, tu tornaste porque queres e sentes atraído por alguém do mesmo sexo.
Pensam que um homossexual é igual aos outros no sentido de ser muito sensível, escandaloso e enervante eu só penso que eles são pessoas com sentimentos e gostam de atenção talvez uma atenção que nunca tiveram.
Só querem ser amadas.
E já ia esquecendo que queria falar sobre a Marijuana, sendo uma planta natural que é consumida fumando e as pessoas dizem que é consumida por drogados. 
De facto, é uma ideia pobre e sem sucesso porque conheço pessoas que consomem são inteligentes, cheios e cheias de ideias, lêem, escrevem, pensam como toda gente, mas como uma minoria de pessoas sem tempo fazem asneiras então é meramente concluído que quem fuma marijuana é Toxicodependente.
Ou que usar rasta é de drogados, eu acredito que pessoas que pensam assim não tem construção de ideia própria.
Acordem!

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Lugares que não existem mais

Eu sabia como tudo podia magoar-me e arrastar-me para o abismo, mas para amar aprendi a sofrer, a cair e a levantar de novo.
Para amar-te dei de tudo, ganhei poderes para chorar e sorrir na mesma hora.
Para mim não importa a distância que cortou o que havia entre nós porque na tua mente e no teu peito eu viajo sempre que quiseres e puderes.
Nada melhor que amar e ser amado de volta, mesmo quebrando o amor para uma amizade de anos.
Eu encho minha memória de fotografias que captei com meus olhos, com minha boca e todo o meu corpo.
Cada vez surpreendes-me, cada vez mais deixas-me com um sorriso único quando vou no autocarro a pensar em todos lugares que estivemos, imaginamos e que talvez não existem mais.